terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Milagres...

Dai-nos a bênção, oh mãe querida,
Nossa Senhora Aparecida!

Sobre esse manto o azul do céu
Guardai-nos sempre no amor de Deus!

Eu me consagro ao vosso amor
Oh mãe querida do Salvador

Dai-nos a bênção, oh mãe querida,
Nossa Senhora Aparecida!


 Mãe nossa, que não desampara!
Protege, guarda e cuida de todos nós!
Eu confio em vós!
Obrigada pelo milagre da vida!


Sentindo que...

Algumas coisas acontecem em nossas vidas sem explicações porém sempre há um propósito de Deus por trás de tudo. 
O mundo dá voltas e nos surpreende...nos mostra o quanto é importante estarmos unidos, vivendo em harmonia com as pessoas que amamos.
Demonstrar nossos sentimentos, falar o quanto a pessoa faz falta, o quão importante é para nós e para nossa vida!
Viver intensamente...rir muito! E chorar sempre que for necessário! 
Se sentir bem com as pessoas que amamos. Sem medo, sem receios...
O mais importante é ser verdadeiro! Sem reservas....CONFIAR e se entregar de corpo e alma!


É melhor sofrer uma injustiça que praticá-la, assim como às vezes é melhor ser enganado do que não confiar. 
(Samuel Johnson)

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Talvez...


Cartas para Julieta!

'' 'E' e 'Se' são duas palavras tão inofensivas quanto qualquer palavra. Mas coloque-as juntas, lado a lado, e elas têm o poder de assombrá-la pelo resto de sua vida.
'E se?'... E se? E se?
Não sei como sua história acabou. Mas se o que você sentia na época era amor verdadeiro, então nunca é tarde demais. Se era verdadeiro, então, por que não o seria agora? Você só precisa ter coragem para seguir seu coração.
Não sei como é sentir amor como o de Julieta, um amor pelo qual abandonar os entes queridos, um amor pelo qual cruzar os oceanos. Mas gosto de pensar que, se um dia eu o sentisse, eu teria a coragem de agarrá-lo.
E se você não o fez, espero que um dia o faça.

Com todo o meu amor,
Julieta.''

O significado da carta é totalmente verdadeiro: Você precisa só ter coragem para seguir o seu coração! Correr em busca dos sonhos, seja quais forem. Não desistir, não abandonar...
Lutar sempre!!!! Com toda sua vontade, do fundo da alma!!!


sábado, 22 de fevereiro de 2014

Um latido...

Um latido, uma canção
Uma saudade, um pelo com cheiro de coração.
Um pula-pula feliz.
Um beijo no seu nariz;
Sempre molhado, farejando o inesperado
Tomando pra si os sabores e as dores
E tinha como missão "guardar segredos"
Esconder das crianças os brinquedos
E de uma nuvem fofinha, bem macia mesmo,
Proteger com os outros anjos
Você, seus filhos, teu espaço
Você guerreira,
                         Mãe,
                                  Iluminada,
As vezes com cheiro de pitanga machucada
As vezes com cheiro de petúnia molhada
Calada,
Sente que tem outra manhã pela frente
E um latido do céu te orienta pra mais um dia.
Bom dia!


(Mael Maranho)

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Somos felizes com nossa luz acesa!!!

Existe uma luzinha no seu peito. 
Uma luz que os olhos não veem. 
Mas quando ela está acesa, a gente sente. 
Pois é ela que causa os nossos sentimentos. 
Quando você a acende, aparecem sentimentos bons em seu peito.
Tudo fica mais bonito e gostoso. Ela faz você se sentir alegre. 
Quando você a apaga, aparecem sentimentos maus. 
Tudo fica mais feio e dolorido. Sem ela, você se sente triste. 
Quando está acesa e brilhante, ela sai pela boca, fazendo-nos sorrir. 
Ela também sai pelos olhos, fazendo-os brilhar. 
Ela sai pelo peito, fazendo-nos amar, e pelos braços, fazendo-nos abraçar. 
Sai também pelas mãos, fazendo-nos caprichar em tudo. 
Sai, finalmente, pelo corpo inteiro, fazendo-nos dançar. 

NÓS SÓ SOMOS FELIZES QUANDO ELA ESTÁ ACESA!

Ela se acende quando você pensa positivo. E você pensa positivo quando ela se acende. 
Ela brilha quando você faz carinho nas plantas, nos animais e nas pessoas. 
Também quando sua mãe lhe dá um presente ou quando você come um doce gostoso. 
Ela brilha mais ainda quando você dá um pedaço do seu doce para seu amigo. 
Mas, muitas vezes nós deixamos nossa luzinha se apagar. 
Quando ela se apaga, você sente medo. 
O medo aparece quando você pensa que uma coisa ruim pode acontecer com você ou com alguém de quem você gosta. 
Quando você tem coragem, a luzinha volta a se acender. 
Coragem é o nome do sentimento que acontece quando você acredita  que só coisas boas podem ocorrer com você e com os outros.


(Trecho do Livro: Se ligue em você, Luiz Antonio Gasparetto)